Saúde

Foto: Nielcem Fernandes

Entregue na segunda-feira, 14, depois de 12 anos sem funcionar, o novo centro cirúrgico do Hospital de Referência de Alvorada (HRA) vai contribuir para desafogar os hospitais do entorno, em especial o Hospital Regional de Gurupi (HRG). A informação foi confirmada pelo secretário de estado da Saúde, Marcos Musafir, que destacou ainda que o espaço será utilizado para realização de mutirões de cirurgias.

“Esse é um hospital do Estado e como tal tem que beneficiar os pacientes do Estado e não apenas de determinados locais. O objetivo da reforma e da entrega desse centro cirúrgico, feita pelo governador Marcelo Miranda, é para que a gente possa fazer mutirões de cirurgias eletivas, realizar cirurgias de baixa e média complexidade e, consequentemente, desafogar os hospitais do entorno, especialmente Gurupi. Alvorada também vai funcionar como unidade de retaguarda para pacientes crônicos que estão em Gurupi. Todos serão beneficiados”, disse o secretário Marcos Musafir. 

A dona de casa e moradora do município de Talismã, Naires Cordeiro, foi a primeira a passar por procedimento cirúrgico no novo espaço. Há algum tempo ela esperava para fazer cirurgia de laqueadura  e com a entrega do centro cirúrgico, pode ser beneficiada.  “Ficou muito bom esse centro cirúrgico aqui, muito melhor do que eu ter que me deslocar para Gurupi. Ficar perto de casa é muito melhor, além disso, o atendimento aqui foi ótimo”, disse, contente. 

A auxiliar de serviços gerais, Elane de Sousa Nascimento, que está com a neta internada na enfermaria pediátrica do hospital, também comemorou a boa notícia que foi levada pelo governador Marcelo Miranda e sua comitiva.  “Minha neta passou mal e eu trouxe ela pra cá no sábado. Desde que cheguei fui muito bem atendida, o espaço aqui é bom para crianças e o médico acompanha. Acho que esse centro cirúrgico vai melhorar ainda mais o atendimento”, disse a avó enquanto a neta de seis anos se distraia no ambiente humanizado da enfermaria pediátrica que também recebeu aparelho de ar- condicionado. 

O governador Marcelo Miranda fez questão de ressaltar que todo o governo  tem trabalhado para fortalecer cada vez mais os atendimentos aos usuários do SUS no Tocantins e agradeceu as parcerias. “Ao entregar esse espaço nós estamos beneficiando o paciente, que é nossa principal preocupação. É fato que nós enfrentamos uma crise, por isso agradeço aos parceiros que fizeram doações e colaboraram para que pudéssemos entregar esse centro. Estou muito satisfeito com o apoio dos prefeitos, dos congressistas, da Assembleia, porque agora o espírito tem que ser de colaboração para fortalecermos ainda mais a Saúde”, enfatizou o governador.

O hospital recebeu doações da sociedade por meio de campanha feita pela Associação dos Produtores de Gado de Corte do Tocantins, através dos ex-diretores Ademir Camille e José Mauro. 

Sonho realizado

O prefeito de Alvorada, Paulo Antônio, disse que a entrega do centro cirúrgico “é realmente uma grande vitória e vem para fortalecer a parceria entre o município e o Estado”.

O diretor geral no hospital, Sidoman Ribeiro Neves, disse que ver o centro cirúrgico em pleno funcionamento é um sonho realizado.  “É sonho da equipe do hospital e de toda a comunidade da região. São anos sem fazer cirurgia neste espaço que já está beneficiando a população usuária do SUS. Vale lembrar que nós temos uma rodovia onde ocorrem acidentes  e agora vamos poder atender aos casos de média complexidade encaminhando para outros hospitais apenas os de alta complexidade”, reforçou. 

A médica clínica geral, Ana Karina de Andrade Ferreira, que atua há quatro anos no HRA, fez questão de destacar que a entrega desta obra mostra que o governo não baixou a cabeça para as dificuldades impostas pela crise econômica que o país vem enfrentando. “Administrar na crise não é fácil. Nós temos exemplos de estados que estão pagando os funcionários a prestação. Esse é um hospital com uma boa estrutura, onde se come bem, que é bem administrado e isso só é possível porque temos gestão forte. O governo está de parabéns por mostrar que administrar na crise é complicado, mas é possível” , enfatizou. 

Além da reativação do centro cirúrgico, na unidade também foram realizadas melhorias nos repousos médico e da equipe de enfermagem, reforma e ampliação da recepção, melhoria das instalações hidráulicas e elétricas, reforma dos banheiros e das enfermarias, que receberam aparelhos de ar-condicionado. Essas adequações, além de melhorar o atendimento, estão oferecendo melhores condições de trabalho aos profissionais que atuam na unidade.