Estado

Foto: Aline Gusmão

A 106ª reunião ordinária do Fórum Nacional de Secretarias Estaduais do Trabalho (Fonset) aconteceu nesta última quarta-feira, 16, em Brasília/DF, e os secretários de 18 unidades federativas aproveitaram a oportunidade para defender a participação dos estados na definição de metas junto ao Ministério do Trabalho. Além disso, o Fórum contou com importantes discussões acerca do aplicativo Sine Fácil, novas possibilidades no mundo do trabalho e a realização do Dia D de Inclusão de Inclusão Social e Profissional das Pessoas com Deficiência e dos Beneficiários Reabilitados.

A gestora da Secretaria do Trabalho e Assistência Social do Tocantins (Setas/TO) e presidente do Fonset, Patrícia do Amaral, defendeu a participação dos estados na definição das metas “Temos feito o impossível para manter nossa rede funcionando e precisamos evoluir, com a capacitação das nossas equipes de atendimento, com insumos financeiros e técnicos. Precisamos falar, ser ouvidos e atendidos. A nossa participação na elaboração e revisão das metas é primordial diante do cenário atual brasileiro”, afirmou.

Os instrumentos de apoio do Banco Interamericano de desenvolvimento (BID) foi outro tema abordado. O Palestrante, Tulio Cravo, da divisão de Mercado de Trabalho do BID, abordou as possibilidades de melhoria do trabalho do Sistema Nacional de Emprego (Sine) por meio dos empréstimos e assessoria técnica do banco, apresentando exemplos práticos de projetos sobre o mundo do trabalho. 

Dia D 

Com data marcada para acontecer em 29 de setembro, o Dia D de Inclusão Social e Profissional das Pessoas com Deficiência e dos Beneficiários Reabilitados também teve espaço na reunião. Os secretários receberam informações sobre como o evento deve ocorrer e tiveram acesso ao material publicitário confeccionado pelo Ministério do Trabalho (MTb). A gestora da Setas/TO, Patrícia do Amaral, destacou que o trabalho já é um esforço realizado todos os dias. “Reconhecemos a importância de um dia alusivo e tenho convicção que todo dia é dia de incluir as pessoas com deficiência, por isso trabalhamos fortemente para isto”, afirmou. 

Sine Fácil

Ainda no intuito de aperfeiçoar os serviços prestados pelo Sine, foi apresentado um estudo sobre o Sine Fácil, aplicativo móvel lançado pelo MTb em maio deste ano e que permite ao trabalhador encontrar vagas adequadas ao seu perfil. Segundo o coordenador geral de Emprego e Renda no MTb, Marcos Sussuma, este serviço pode ampliar o público atendido pelo Sistema. “Com a possibilidade das pessoas se candidatarem às vagas pelo aplicativo, ampliamos o número de pessoas que podemos atender por dia e ainda facilitamos o preenchimento das vagas, já que o encaminhamento pode ser realizado sem a necessidade de se deslocar até o Sine”, defendeu.