Polí­tica

Acontece na manhã desta quinta-feira, 17, a primeira audiência pública da Comissão Parlamentar de Inquérito destinada a investigar as irregularidades e os crimes de maus-tratos a crianças e adolescentes relacionados à automutilação, suicídio, abuso, exploração, violência sexual, maus-tratos em abrigos e instituições afins, violência contra crianças indígenas e trabalho infantil.

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito dos Maus-tratos (CPIMT), senador Magno Malta (PR/ES), afirmou que dará total atenção à CPI: “Quando eu estou em uma CPI, eu me desligo de outras comissões. Vou estar na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) tão somente para as coisas mais importantes, mas este será o meu foco. Vou viver esta CPI na defesa das crianças 24 horas por dia dentro das suas necessidades”, disse.

Para a reunião foram convidados o presidente da Safernet, Thiago Tavares; a coordenadora-geral de defesa dos direitos das crianças e do adolescente, Solange Xavier; o coordenador de Pesquisas do Centro Regional de Estudos da Unesco ligado ao Comitê Gestor da Internet no Brasil, Fábio Novaes de Senne; além dos representantes do Ministério da Saúde e da Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança.

A página já está disponível para que o cidadão participe enviando perguntas e comentários por meio do Portal e-Cidadania ou do Alô Senado, no telefone 0800 61 22 11.