Polí­cia

Foto: Divulgação

Atendendo a uma solicitação do Sindicato dos Delegados de Polícia Civil do Estado do Tocantins – Sindepol/TO, o Conselho Superior de Polícia do Estado, na tarde da última sexta-feira, 25, aprovou a alteração da resolução 001/2017 que estabelece os procedimentos administrativos de remoção e movimentação dos Delegados de Polícia Civil.

Com uma gestão junto ao secretário de Segurança Pública e Delegado Geral foi apresentado na sessão a retirada da vedação de remoção e permuta no estágio probatório.

Segundo o Delegado Geral, Claudemir Luiz Ferreira, a resolução atende aos princípios da administração pública, não tendo demandas que prejudiquem os interessados, “essa alteração tem como objetivo corrigir qualquer tipo de injustiça na carreira de Delegado de Polícia Civil”, afirma Ferreira.

Após analisar as normais legais e o regimento interno do Conselho Superior de Polícia a matéria foi aprovado por unanimidade, desta forma a partir de agora a nova resolução 001/2017 entra em vigor.

Cinthia Paula de Lima, presidente do Sindepol/TO e quem apresentou a demanda junto ao Conselho, explica que o fracionamento das nomeações do último concurso público trouxe conflitos, “essa medida visa eliminar as injustiças que poderão ser causadas tendo em vista as peculiaridades da carreira", conclui Cinthia.