Polí­tica

Foto: Divulgação

O vereador Marcus Marcelo (PR), presidente da Câmara Municipal de Araguaína, que também é professor da rede estadual, apresentou durante a sessão ordinária da ultima segunda-feira, 4 de setembro, uma indicação para o senador Vicentinho Alves (PR), solicitando que marque uma audiência com o Ministro da Educação Mendonça Filho.

O encontro com o ministro é para tratar da implantação do curso de medicina da Universidade Federal do Tocantins – UFT, no Câmpus de Araguaína. “Tenho conversado com o professor Bovolato, reitor da UFT, que nos solicitou o encontro com o ministro para tratarmos sobre o curso de medicina para Araguaína”, disse Marcus.

De acordo com o reitor, para o curso de medicina ser finalmente implantado no Câmpus de Araguaína, necessita que o Ministério da Educação libere os códigos de vagas para técnicos administrativo e técnicos de laboratório. Bovolato ainda falou da necessidade de um aporte de recurso para aquisição de acervo bibliográfico e aquisição de equipamentos de laboratório.

Para Marcus Marcelo, esta situação precisa ser resolvida o mais rápido possível. "Araguaína vai ganhar muito com a chegada do curso de medicina na UFT. A cidade vai receber pessoas de todos os lugares, a educação, a economia, o comercio, tudo vai se desenvolver ainda mais", segundo o presidente. 

Segundo Marcus, a audiência deve ser marcada para a segunda quinzena de setembro. O senador Vicentinho está agendando com o ministro. Deve participar do encontro além do reitor da UFT, professor Luis Eduardo Bovolato, o prefeito de Araguaína Ronaldo Dimas (PR).

O curso de medicina em Araguaína pela UFT foi anunciado em 2015 com previsão de funcionamento para o primeiro semestre de 2016, oferecendo 60 vagas para os dois semestres do ano.