Polí­cia

Foto: Ascom SSP

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes Praticados contra Concessionárias Prestadoras de Serviços Públicos (Derfae), realizou, na manhã desta segunda-feira, 11, a prisão em flagrante de Bruno E. R. pela prática, em tese, do crime de furto de energia elétrica, em Palmas.

Conforme o delegado Elírio Putton Júnior, a equipe de policiais civis da Derfae foi acionada por funcionários da Energisa e deslocou até a residência do autor, a qual fica situada na Quadra 407 Sul, a fim de verificar informações sobre a existência de um “gato” no imóvel. Ao chegar, os policiais civis logo constataram que havia um desvio de energia realizado antes de medição, através de fiação, que levava energia diretamente para a residência.

Desta maneira, o proprietário da casa foi preso pela prática do crime de furto de energia elétrica, cuja pena varia de 1 a 4 anos de prisão. O suspeito foi conduzido à sede da Derfae e, após o pagamento de fiança, foi liberado a fim de que possa responder ao processo criminal em liberdade.