Geral

Foto: Divulgação  Rodada de discussões discute Economia Solidária, em Fortaleza Rodada de discussões discute Economia Solidária, em Fortaleza

Na manhã desta sexta-feira, 15, as discussões sobre o Programa da Economia Solidária foram aprofundadas com a participação de doutores e pesquisadores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UEVA-CE). Para além deles, participaram do evento, os 17 representantes do Tocantins e algumas associações do Estado do Ceará, universitários, entre outras pessoas ligadas a entidades sociais. 

O evento desta sexta-feira teve como objetivo o partilhamento dos resultados de pesquisas relacionadas às várias vertentes da Economia Solidária feitas no Estado do Nordeste. O grupo de estudiosos quer divulgar e difundir a produção científica e tecnológica relacionadas ao tema.

A secretária do Trabalho e Assistência Social (Setas), Patrícia do Amaral pontuou que as pesquisas acadêmicas são ferramentas importantes e essenciais para o complemento das atividades da Economia Solidária, que em sua visão ela deveria ser encarada não apenas como práticas de agrupamentos solidários. 

“Já está tramitando no Congresso um Projeto para transformar a Economia Solidária numa Política Pública Nacional. Essas pesquisas mostram que podemos sim, fazer uma intervenção para que a Economia Solidária se transforme por definitivo em política pública”, afirmou a secretária. 

Aliar a prática ao conhecimento científico foi importante, na opinião de Rosineide dos Santos. Como presidente da Associação de Desenvolvimento de Rio da Conceição (TO) ela acredita que as experiências vividas em Fortaleza oportunizarão um olhar diferenciado junto aos demais associados. 

“O que há de mais importante é o conhecimento. A nossa Associação está um pouco parada, mas agora daremos um rumo diferente a ela e colocaremos em prática os planos e projetos engavetados”, argumentou.

Encerramento

As atividades dessa sexta-feira encerram a participação dos representantes do Tocantins, na Capital cearense. O grupo está na cidade desde a terça-feira, 12, e retornará ao Estado neste sábado, dia 16. Os representantes de 17 municípios serão os multiplicadores em suas cidades no que concernem as ações da Economia Solidária.