Polí­tica

Foto: Divulgação

Na sessão ordinária da manhã dessa quinta-feira, 14, o deputado Wanderlei Barbosa (SD), fez duras críticas à gestão municipal de Palmas por não buscar solução ao impasse entre o município e os servidores da Educação que se encontra em greve desde última terça-feira, 5.

Para o deputado estadual Wanderlei Barbosa (SD), a educação de Palmas passa por turbulência e o prefeito Carlos Amastha não toma providências. "Os educadores de Palmas têm sido tratados como animais em Palmas", disse.

O deputado disse ainda que os profissionais recebem tratamento desumano por parte da prefeitura e pediu atenção às demandas da categoria. Segundo Wanderlei, o gestor está preocupado em projetar candidatura para governador e esquece a educação e dos servidores públicos da Capital.

Com o intuito de criar um canal de diálogo junto ao executivo municipal para buscar uma solução para a greve dos servidores, o parlamentar disse que caso não haja acordo entre a Prefeitura de Palmas e os grevistas, a Assembleia Legislativa vai atuar também nesta mediação e irá ouvir a categoria na próxima semana. “Se o governo municipal não tomar providência para conter a paralisação e receber os profissionais, seguramente tomaremos providências, não tenho dúvidas que faremos um grande bem à educação de Palmas”, enfatizou Wanderlei.