Polí­tica

Foto: Divulgação

Foi realizada no fim da manhã desta quinta-feira, 21, uma reunião entre vereadores da Capital e a promotora do Ministério Público Estadual, Zenaide Aparecida da Silva para discutir a greve da Educação municipal.

Na ocasião, a promotora Zenaide ressaltou que seu papel é mediar e debater com os parlamentares a questão da greve. "A reunião foi ótima, tivemos uma boa acolhida por parte dos vereadores. Vamos realizar na próxima semana uma audiência pública para tentar resolver a situação da educação e vamos viabilizar para que as pessoas tragam outras demandas sobre a educação que influa na questão da valorização dos profissionais”, afirmou.

Durante a reunião o presidente da Casa, José do Lago Folha Filho (PSD) esclareceu os questionamentos da promotora e ressaltou a atuação do legislativo. “A Câmara se colocou à disposição, não deixou de cobrar o posicionamento do Executivo e de abrir espaço para o diálogo. Porém, não é ocupando a Casa que isso se resolve, não é utilizando esse espaço que vai resolver o problema. A Casa está de portas abertas para que os grevistas permaneçam aqui no horário de funcionamento do prédio”, informou.

Participaram da reunião os vereadores que estavam presentes na Casa no momento: Major Negreiros, Moisemar Marinho, Laudecy Coimbra, Filipe Martins, Vanda Monteiro, Gerson Alves, Vandim, Marilon Barbosa e Tiago Andrino.