Estado

Foto: Divulgação

O Ministério Público Estadual (MPE/TO) instaurou Inquérito Civil Público com o objetivo de apurar possíveis irregularidades no sistema de abastecimento de água para o consumo humano no município de Riachinho-TO, de responsabilidade da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS).

Entre os problemas, estariam: não potabilidade da água tratada, falhas na rede de distribuição, intermitência e interrupções de fornecimento desarrazoadas e ausência de controle e vigilância da qualidade da água fornecida. Os investigados: município de Riachinho/TO e ATS. 

O Inquérito foi instaurado em 5 de setembro e, de acordo com informação confirmada ao Conexão Tocantins na manhã desta segunda-feira, 2 de outubro, pelo MPE/TO, ainda não há novidade quanto ao Inquérito. O extrato da Portaria foi publicado no Diário Oficial do MPE do último dia 29, Edição 375. 

ATS Posiciona-se 

A Agência Tocantinense de Saneamento (ATS) informou ao Conexão Tocantins que, segundo seus laudos, todos os parâmetros físicos, químicos e bacteriológicos da água fornecida em Riachinho estão dentro do padrão regulamentado pela portaria nº 2914 do Ministério da Saúde.

A Agência informou acompanhar diariamente a qualidade da água nos municípios, monitorando tanto a saída da Estação de Tratamento, quanto a rede de distribuição. "E nenhum dos nossos relatórios apontam parâmetros fora do máximo permitido", segundo a ATS. 

Sobre falta de água e interrupções de abastecimento, a Agência de Saneamento informou que não há registros, nos últimos meses, de tais ocorrências junto aos operadores locais. "A não ser em casos alheios a nossa vontade como, por exemplo, falta de energia elétrica. Ou de desligamentos programados, e informados à população, para manutenção no sistema de abastecimento", segundo a ATS. 

A ATS ainda posicionou trabalhar de forma incessante a fim de solucionar todos os problemas relacionados à falta de água nos municípios e orienta que, em caso de dúvidas ou reclamações, os consumidores liguem no SAC 0800 6464 195 ou procurem o escritório local.

O informativo de qualidade da água de todas as cidades atendidas pela ATS está disponível para consulta no site http://ats.to.gov.br/informativo-da-qualidade-2017/