Estado

Foto: Divulgação

Com objetivo levar acesso à justiça às populações mais isoladas e carentes do Estado, equipes da Defensoria Pública do Estado do Tocantins (DPE-TO) estiveram em Novo Jardim e Dueré para realizar atendimentos jurídicos junto à população dos municípios e também de regiões circunvizinhas, por meio do “Defensoria Itinerante”, uma ação do projeto “Expedição Cidadã”.

Em Novo Jardim, os atendimentos aconteceram no dia 29 de setembro, no Centro Comunitário Tia Maria, inseridos na programação do Projeto “Cuidar de Idosos é Respeitar o Nosso Futuro”, de iniciativa da Secretaria de assistência Social da Prefeitura. No itinerante, foram realizados 45 atendimentos, pelos defensores públicos José Raphael Silvério e Jade Sousa Miranda, com apoio dos servidores da Comarca de Dianópolis. Na ocasião, Núcleo Aplicado das Minorias e Ações Coletivas (NUAmac) de Dianópolis ministrou uma palestra intitulada “Políticas Públicas de Proteção aos Idosos e Deficientes”. Já em Dueré, o defensor público Kita Maciel realizou 11 atendimentos, com foco na área da Família, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município.

Itinerante

O projeto “Defensoria Itinerante” integra o “Expedição Cidadã”, que pretende aproximar o cidadão dos seus direitos, ampliando o acesso à justiça e levando serviços jurídicos gratuitos aos municípios que não tem sede da Instituição, bairros afastados, comunidades rurais e localidades isoladas.