Educação

Foto: Juliana Carneiro

A equipe gestora da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) está reunida nesta terça-feira, 3, com os 13 diretores Regionais de Educação para discutir as demandas das unidades escolares, além de repassar as orientações pedagógicas para o final do semestre letivo de 2017. Na pauta da reunião, que se estende até quarta-feira, 4, está a inserção do Simulado da Prova Brasil nas escolas estaduais, o novo Regimento Escolar, além da apresentação das propostas do Calendário Letivo e Estrutura Curricular para 2018. 

“Nestes dois dias, vamos tratar do encerramento do ano letivo e começar a preparar, com as regionais, o início do ano letivo de 2018. Juntos, tomaremos importantes decisões para a educação tocantinense. O sucesso que almejamos para a aprendizagem dos nossos alunos depende muito desse trabalho de articulação, ouvindo as proposições e contribuições das Diretorias Regionais de Educação (DREs)”, ressaltou a titular da Seduc, professora Wanessa Zavarese Sechim.

O diretor da DRE de Tocantinópolis, Dorismar Carvalho, enfatizou que o processo de aproximação entre a gestão da Seduc, DREs e unidades escolares, tem contribuído para a efetivação das políticas públicas para a educação no Tocantins. “É inegável que essa proximidade entre os envolvidos no processo educacional tem sido fundamental para a implementação do modelo proposto para a rede estadual de ensino. Para as Regionais e escolas, poder participar ativamente das decisões da Pasta, ter abertura para tratar das demandas e apresentar sugestões das boas experiências tem sido fundamental para chegar ao sucesso da aprendizagem dos estudantes”, frisou.

Simulado da Prova Brasil

Durante a reunião, foi detalhado o Simulado da Prova Brasil, iniciativa pioneira na rede estadual de ensino. De acordo com o gerente de Avaliação da Seduc, Emerson Azevedo, a intenção da pasta é proporcionar aos estudantes uma experiência semelhante à da prova oficial.

“O objetivo principal é criar um ambiente similar ao da avaliação, para que os alunos tenham mais familiaridade com esse modelo de teste. As provas são divididas em blocos, sendo que os estudantes dispõem de 25 minutos para responder às questões. Ao final, eles ainda precisam preencher o cartão de respostas”, explicou.  

O Simulado da Prova Brasil será aplicado nos dias 11 e 18 de outubro para cerca de 40 mil estudantes das escolas estaduais, matriculados nas turmas do 5º e 9º ano do ensino fundamental e da 3ª série do ensino médio.

A Prova Brasil, que neste ano será aplicada entre 23 de outubro e 3 de novembro, em todo o Brasil, visa aferir o conhecimento dos estudantes da rede pública em matemática, com foco em resolução de problemas, e língua portuguesa, com ênfase em leitura. A prova faz parte das avaliações que definem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) por escolas, redes de ensino, estados e nível nacional. A meta do Governo Federal é que até 2022 estados e municípios atinjam nota 6, correspondente à qualidade do ensino dos países desenvolvidos.

Novos Diretores Regionais

Na ocasião, a professora Wanessa apresentou à equipe os novos diretores regionais de Educação de Guaraí, o padre Milton Alves da Silva; e de Porto Nacional, a educadora Deuzelina Tavares Chagas.

O padre Milton, servidor da rede estadual há mais de 20 anos e ex-prefeito de Guaraí, acumula experiência na educação básica e no ensino superior. “Agradeço a confiança em mim depositada, pelo governador Marcelo Miranda e pela secretária Wanessa. Estamos nessa função para somar e contribuir com a Educação do Tocantins”, disse.

“Poder servir a Educação é um privilégio. Como diretora regional, espero poder colaborar para transformar vidas por meio dessa ferramenta tão importante”, ressaltou Deuzelina. A professora, que ao longo de sua carreira ocupou cargos de gestora, sendo o último de secretária de educação de Porto Nacional.