Polí­tica

Foto: Divulgação

A Câmara Municipal de Porto Nacional realizou na noite dessa terça-feira, 3, às 19h uma sessão extraordinária para eleição da nova Mesa Diretora para o Exercício de 2018. Estavam presentes os 13 vereadores e na apresentação de matérias, duas chapas se candidataram para concorrer.

A primeira chapa intitulada “De Corpo e Alma” foi apresentada com a composição: Geylson Neres Gomes – presidente; Alexandro Ribeiro – vice presidente; Djalma Araújo – primeiro secretário; Chico Silva – segundo secretário. A segunda chapa, apresentada pelo vereador Clau Mascarenhas, foi nomeada Porto SOS 7 e foi composta por Alexandro Ribeiro – presidente; Tony Andrade – vice-presidente; Professor Sebastião – primeiro secretário; Clau Mascarenhas – segundo secretário.

Logo após a apresentação da segunda chapa o vereador e primeiro secretário, Jefferson Lopes solicitou que o vereador Alexandro Ribeiro se posicionasse pelo fato de seu nome constar nas duas chapas. O vereador Alexandro Ribeiro ao fazer uso da palavra, declarou que, ao observar os rumos políticos que o município de Porto Nacional vem tomando e, preocupado com o impacto que isso pode causar, resolveu colocar seu nome à disposição para compor a presidência. Desta forma ele renunciou ao cargo de vice-presidente da chapa “De Corpo e Alma”.

Após o pronunciamento o vereador Jefferson Lopes solicitou a suspensão da sessão para que a chapa “De Corpo e Alma” reestruturasse a vacância do cargo de vice-presidente, porém a chapa optou por não colocar ninguém.

A votação teve o seguinte resultado: A chapa “De Corpo e Alma”, foi escolhida pelos vereadores, Geylson Neres, Charles Souza, Djalma Araújo, Jefferson Lopes, Chico Silva e Adael, totalizando 6 votos. Já a chapa Porto SOS 7, obteve os votos dos vereadores, Alexandro Ribeiro, Joaquim do Luzimangues, Clau Mascarenhas, Argemiro, Miúdo, Professor Sebastião e Tony Andrade, totalizando 7 votos.