Polí­cia

Foto: Divulgação

Na madrugada deste sábado, 07, no município de Araguaína, uma caminhonete roubada foi recuperada pelos policiais militares. Dois indivíduos que estavam no veículo são suspeitos de participarem do roubo a banco em Tocantinópolis. Durante a tentativa de abordagem houve confronto e os homens foram a óbito.

Equipes da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), do 2º e 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM) estavam em diligência para localizar os envolvidos no roubo ao banco, quando um motociclista procurou a PM para dizer que na manhã de sexta-feira, 06, foi parado por um indivíduo que saiu do mato, nas proximidades de São Bento. O homem que usava roupas escuras e coturno, solicitou informações de como chegar a BR-153.

Em seguida, os policiais foram informados que houve o roubo de uma caminhonete em Araguatins e de acordo com as informações os suspeitos haviam passado por São Bento em direção a Araguaína. A suspeita é que o indivíduo que solicitou a informação ao motociclista é o mesmo envolvido no roubo do veículo.

Diante das duas denúncias recebidas, os policiais montaram barreiras na BR 153 e em outras localidades no intuito de interceptar o veículo roubado e prender os suspeitos. Por volta das 03h50, a caminhonete foi visualizada na rodovia em alta velocidade, próximo à entrada que dá acesso a Universidade Federal do Tocantins (UFT), em Araguaína.

A equipe do 2º BPM fez o acompanhamento, na tentativa de fazer a abordagem, quando os autores armados com revólver, desembarcaram do veículo atirando contra os policiais militares. Para se defender, a equipe atirou contra os infratores que foram atingidos. O Serviço de Atendimento Móvel Urbano (Samu) foi acionado, mas os indivíduos foram a óbito.

Além dos dois revólveres usados durante o confronto, os policiais encontraram com os autores oito munições, sendo três deflagradas, uma faca que estava presa na perna de um dos envolvidos e a quantia de R$ 141,50. Todos os objetos foram apreendidos e encaminhados à delegacia.

Por: Redação

Tags: Polícia, Tocantinópolis