Educação

Foto: Elias Oliveira

O Conselho Nacional de Secretários de Educação promove nesta terça e quarta, dias 10 e 11 de outubro, no Mar Hotel Conventions, em Recife (PE), o Seminário Internacional de Avaliação da Educação Básica. Representará a secretária de Educação, Juventude e Esportes do Tocantins, a professora Wanessa Zavarese Sechim e o gerente de Avaliação da Aprendizagem, Emerson Azevedo Soares.

O seminário é resultado do GT de Avaliação do Consed, que tem como objetivo desenvolver uma proposta de aprimoramento das avaliações estaduais da Educação Básica, além da possibilidade de integrar avaliações estaduais e federais. Com a participação de técnicos de todas as secretarias de educação dos estados e do Distrito Federal, o grupo é coordenado pelo secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amancio.

O sistema de avaliação escolar brasileiro começou a ser implementado no final da década de 1980, foi ampliado e chegou ao modelo atual, em que todas as etapas e níveis de ensino são objetos de avaliação padronizada organizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), com exceção da Educação Infantil.

Os anos finais do Ensino Fundamental são avaliados bienalmente, de forma censitária, por meio da Prova Brasil. Para o Ensino Médio, a avaliação é amostral, via Saeb, a cada dois anos. Segundo Amancio, estes modelos de avaliação deixam de fora algumas áreas de conhecimento e os componentes socioemocionais. “Além disso, os sistemas estaduais e as avaliações nacionais não são integrados, o que aumenta os gastos para a construção de medidas de desempenho", explica.