Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Araguaína/TO ganhará mais uma área de lazer com a construção do Parque Raizal. O parque visa preservar a nascente do córrego de mesmo nome. O espaço com obras previstas para iniciar em 2018 beneficiará toda a região de Araguaína. O parque terá pistas de caminhada, ciclovia, parque infantil, academias ao ar livre e quiosques.

A construção do parque, que terá uma área de 66.000 m², está dentro do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína, contemplado com crédito externo do Banco de Desenvolvimento da América Latina CAF (Corporação Andina de Fomento).

O secretário do Planejamento, Ciência e Tecnologia, Frederico Prado, explica que, semelhante ao Parque Cimba, que protege a nascente do Córrego Canindé, a nascente do Córrego Raizal também será protegida “Hoje o local sofre com a ocupação urbana e irregular em sua cabeceira e com a recuperação, esse problema será sanado”, disse.

Dentro do projeto será construída uma bacia de detenção, para captação de águas de chuva. Conhecida como piscinão, são para evitar inundações e as enxurradas na localidade.

Mais parques

Entre os setores São Miguel e Aeroviário será construído o Parque das Nascentes do Neblina, com área de 360 mil metros quadrados e o Parque São Miguel, com área aproximada de 58 mil metros quadrados.

O Parque São Miguel poderá ser usado pela comunidade para lazer e práticas esportiva, como o Parque Cimba. Já o Parque Nascentes do Neblina será uma unidade de conservação. Os dois parques também fazem parte do Projeto de Saneamento Integrado “Águas de Araguaína”.

Águas de Araguaína

As obras do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína recuperarão todos os afluentes que fazem parte das bacias dos córregos Neblina e Jacuba, que atravessam a cidade. 

Diretamente mais da metade dos cerca de 170 mil araguainenses e dos R$ 2 milhões de pessoas da região que visitam a cidade frequentemente serão beneficiados com drenagem, pavimentação, canalização de córregos e construção de novas avenidas no entorno dos canais que facilitarão a locomoção da população.

Além dos três parques, ainda serão construídas quatro bacias de detenção da água das chuvas, que pretendem resolver os problemas de inundações e alagamentos.

Parque terá uma área de 66.000 m² e está dentro do Projeto de Saneamento Integrado Águas de Araguaína