Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia Especializada em Investigações Criminais Complexas (Deic), do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote) e da Perícia Oficial do Estado,  destruiu  na manhã desta sexta-feira, 27, no Clube de Tiro e Caça do Cerrado (CTCC), localizado na Rodovia TO-050, Km 11, 8,5kg de explosivos apreendidos em operações da Polícia Civil.

Na ação, que teve como objetivo testar a eficiência e o grau de destruição do material apreendido foram destruídos: 01 uma sacola contendo material explosivo encontrado no local de crime, roubo com explosão da agencia do Banco do Brasil de Natividade, em 12/11/2016, 09 recipientes plásticos contendo emulsão explosiva encontrado no local de crime de roubo com explosão da agencia do Banco do Brasil de Guaraí, em 28/03/2017, e 03  emulsões explosivas  encontradas  na Quadra 605 Sul, em Palmas, na data de 10/10/2017, no poder de Maria do Rosário A. Pereira.

De acordo com diretor do Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE), delegado, Rildo Barreiraparte desses explosivos foram utilizados em assaltos a bancos, em Natividade e Guaraí, e outra parte provavelmente estaria disponível para ser utilizados em outros assaltos. O delegado esclarece ainda que esta ação realizada hoje é na realidade um teste de eficiência dos explosivos, para saber se todo esse material apreendido estaria apto para destruir as agencias bancárias. Segundo o delegado, “todo esse material é usado pelos assaltantes para o uso exclusivo em assaltos as agências bancárias, e tem um poder de destruição muito grande,” ressalta.

“È através da eficiência do trabalho de investigações realizadas por meio de profissionais especializados da Deic, do Gote e da Perícia Oficial, é que efetuamos as apreensões desses materiais, e com isso, podemos saber se os artefatos são eficientes ou não provocar danos,” disse o delegado da Delegacia Especializada em Investigações Criminais Complexas de Palmas, Wanderson Queiroz.

Participaram da ação, 6 Agentes da Polícia Civil, 1 Perito Oficial e 2 Delegados de Polícia Civil. 

Por: Redação

Tags: DEIC, Gote, Polícia, Polícia Civil, Rildo Barreira