Meio Ambiente

Foto: Divulgação / Semarh

A equipe de campo do Programa de Estímulo à Divulgação de Dados da Qualidade da Água (QualiÁgua), da Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), iniciou nesta semana a 4ª campanha de monitoramento de qualidade da água. Serão analisados 30 pontos abrangendo as principais bacias hidrográficas do estado. Esta é a última campanha realizada no ano de 2017 e será concluída no mês de dezembro.  O trabalho será iniciado pelos municípios de Lagoa da Confusão e Formoso do Araguaia.

Para a coleta de informações a equipe utiliza a Sonda Multiparâmetro, procedendo a coleta e observância de oxigênio dissolvido, condutividade, pH, turbidez. Utilizam equipamentos modernos nessa área e que fornecem os dados de qualidade instantaneamente, bem como os parâmetros de temperatura do ar e da água.

O programa, de adesão voluntária, é de iniciativa da Agência Nacional de Águas (ANA) e tem como objetivo contribuição efetiva na gestão sistêmica dos recursos hídricos, promovendo a divulgação de dados sobre a qualidade das águas superficiais no Brasil a toda sociedade. O QualiÁgua tem  prazo até  2021 para concluir os trabalhos de monitoramento de qualidade de cerca de 23 parâmetros e 80 pontos. A meta para 2017 ficou estabelecida em 30 pontos, que aumentarão gradativamente até o final do contrato. Os Estados que participam do programa são premiados semestralmente pelo alcance de metas.

Os municípios a serem percorridos nesta 4ª campanha são: Lagoa da Confusão, Formoso do Araguaia, Aparecida do Rio Negro, Novo Acordo, Mateiros, Itaguatins, Araguatins,  Araguacema, Araguaína, Couto Magalhães,  Araguanã, Caseara, Goiatins, Itapiratins, Pedro Afonso, Miracema do Tocantins,  Paranã, Gurupi, Natividade, Porto Nacional, Aurora do Tocantins, Príncipe (distrito de Natividade), Taipas, Dianópolis e Arraias.