Polí­cia

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia Especializada no Atendimento a Mulher (DEAM), de Paraíso do Tocantins, efetuou, na manhã desta sexta-feira, 3, a prisão de Jairon J. M. M., 42 anos de idade.

Ele é o principal suspeito pelo homicídio de seu vizinho, Cleiton Nonato de Aguair, também de 42 anos, fato ocorrido no dia 28 de outubro de 2017, na residência da vítima, localizada, em uma fazenda na zona rural de Monte Santo, e foi capturado, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva.

Conforme a delegada Raimunda Bezerra de Sousa, após um intenso trabalho investigativo, os agentes da Polícia Civil descobriram que, no dia dos fatos, por volta das 3h da madrugada, Jairon foi até a fazenda, onde a vítima residia e, após uma discussão, efetuou quatro disparos de arma de fogo em Cleiton, que veio a óbito no local.

Assim que tomou conhecimento dos fatos, a equipe da Deam de Paraíso deu início às diligências e, poucas horas depois, conseguiu descobrir a autoria, bem como a motivação para o crime. Em seguida, a delegada Raimunda representou, junto ao Poder Judiciário da Comarca de Paraíso, pela prisão de Jairon M., a qual foi deferida.

De posse da ordem judicial, os policiais civis intensificaram as buscas e, na manhã desta sexta-feira, conseguiram localizar o paradeiro do autor, efetuando a prisão mesmo. Após os procedimentos legais cabíveis, o indivíduo foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.