Meio Ambiente

Foto: GoogleEarth

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da 12ª Promotoria de Justiça de Araguaína, acompanha a situação de um dos principais afluentes do Rio Lontra, o Córrego Neblina. Um trecho do córrego foi soterrado após as obras de desvio do curso d'água, promovidas pela Prefeitura de Araguaína, terem desmoronado em função das fortes chuvas.

A promotora de Justiça Ana Paula Reigota Ferreira Catini instaurou procedimento administrativo para acompanhar e monitorar a situação, na esfera ambiental. Já foram solicitadas todas as licenças ambientais aos órgãos competentes (Naturatins e Prefeitura de Araguaína). 

O caso está em fase investigatória e o MPE aguarda a documentação requisitada.