Polí­tica

Foto: Divulgação Milton Neris mostrou-se indignado e falou em falta de respeito Milton Neris mostrou-se indignado e falou em falta de respeito

Vereadores mostraram indignação durante sessão ordinária desta quinta-feira, 16, em relação a palestra sobre sexologia realizada dia 14, para crianças/adolescentes de 11 a 14 anos na Escola Municipal de Tempo Integral Anísio Spinola Teixeira, localizada no Setor Bertaville, região sul de Palmas. O vereador Milton Neris (PP) falou em falta de respeito com as famílias. 

Segundo o vereador, não é papel da escola ensinar os alunos sobre sexologia e sim dos pais dentro de suas casas. "O aluno vai a escola para aprender sobre disciplinas como matemática e geografia, desde as séries iniciais até final. Tenho filhos nessa faixa de idade e o objetivo primordial da escola é a educação pedagógica e não ensinar crianças em como fazer sexo", afirmou.

A palestra aconteceu durante o turno matutino, no auditório da Escola. De acordo com Neris, alguns pais de alunos relataram que servidores da Secretaria Municipal de Juventude fizeram uma palestra sobre sexualidade com imagens demonstrativas abordando de forma explícita a prática sexual. Com camisinha em um dos dedos um dos palestrantes teria simulado como fazer sexo oral com segurança. Outro assunto abordado foi a utilização de gel anal.

"Isso é uma afronta e desrespeito contra a família. O que está em cheque não é a moral do gestor público, e sim a conduta dos palestrantes e organizadores da palestra em querer deturpar nossos valores morais. Os responsáveis por esse ocorrido devem ser punidos", afirma Milton. O vereador quer que os professores, diretoria e secretários deem explicações. 

Sexo Explícito 

Outros vereadores comentaram. Filipe Martins (PSC) disse que a palestra foi desvirtuada. "Começaram a fazer simulações de sexo explícito. Ensinando crianças, chamaram crianças de 10 a 14 anos de idade, a colocar, manusear camisinhas em seus dedos e ensinando a prática de sexo oral. Logo após, foi apresentado a essas crianças gel de lubrificantes anal e ensinando essas crianças a terem relações de prática de sexo anal", afirmou. 

O vereador Filipe pede averiguação por parte da Prefeitura de Palmas e requer que o responsável pela Fundação de Juventude de Palmas, Nahylton Alen seja substituído, por ser o responsável pelo projeto de palestras em escolas. 

O teor da palestra motivou contenda hoje entre o vereador Major Negreiros, tio de Nahylton, com um cidadão chamado Fernando Baiano.