Educação

Foto: Imagem Ilustrativa

Moradores da zona rural da cidade tocantinense Chapada da Natividade sofrem por problemas na oferta de transporte escolar. Em final de ano letivo, momento de provas, estudantes não conseguem acompanhar todas as aulas, visto que o transporte mais falta do que aparece, segundo pais de alunos.

Apenas na comunidade Santa Luzia, a 22 km da cidade, mais de 20 pessoas, entre crianças e adultos, estariam sendo prejudicadas. É o caso de Doraci Carvalho de Araújo, estudante e mãe de quatro crianças que tiveram que deixar a zona rural por um tempo. "Viemos praticamente de mudança para Chapada porque não podemos mais perder aula em final de ano, fazendo provas e recuperação. Não tem como ficar na fazenda e depois ter que repetir de ano", lamentou. 

O problema teria aumentado em outubro. "Na primeira semana de outubro, o coletivo não veio nenhuma vez. Na segunda semana, vinhamos para a escola de segunda para terça-feira e aí, quarta, nem quinta e nem sexta o coletivo não veio. E eles não dão satisfação para ninguém", afirmou Doraci. 

Em contato com a Secretaria de Educação da cidade, segundo Doraci, a informação repassada é que o Governo do Estado não está mandando verba. Segundo ela, outras cinco ou seis regiões da zona rural também não estão sendo atendidas com transporte escolar. 

Em Chapada de Natividade há duas escolas - uma municipal e outra estadual. Juvenal Araújo, pai de duas crianças - uma de 7 e outra de 13 anos de idade -, afirma que também procurou a Secretaria de Educação da cidade para cobrar providências e também recebeu a informação de que o Governo do Estado não vem repassando verba.

As aulas, segundo Juvenal, poderão se estender até dia 18 de dezembro. Enquanto isso, ele leva os filhos em uma moto. "Nessa semana mesmo, de terça está até hoje sem coletivo", disse. 

Secretaria de Educação 

O Conexão Tocantins tentou contato com a Secretaria Municipal de Educação de Chapada de Natividade, sem êxito. O espaço continua aberto para posicionamento da pasta. 

Seduc 

Sobre pagamento de parcelas do transporte escolar aos municípios, a Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) informou que, nesta quinta-feira, 30, foi efetuado o pagamento referente à 7ª parcela, no valor de R$ 4,3 milhões e até o dia 10 de dezembro será paga a 8ª parcela, no mesmo montante.