Polí­cia

Foto: Rondinelli Ribeiro

Franklin Lucas D. S., 25 anos, foi condenado a 14 anos de prisão, nesta última segunda-feira (4/12), pela morte de Djones Chaves Santos. O crime ocorreu no dia 17 de abril do ano passado, em Araguaína/TO.

Conforme depoimentos colhidos durante o processo, os envolvidos teriam uma rixa anterior ao crime e, após uma discussão, o réu acabou atirando contra a vítima enquanto esta utilizava o banheiro de uma casa noturna em Araguaína. O tiro foi dado a curta distância, dificultando a defesa da vítima.

Conforme o Tribunal do Júri, presidido pelo juiz Francisco Vieira Filho, da 1ª Vara Criminal da Comarca de Araguaína, o ato praticado pelo réu foi considerado "homicídio qualificado pela torpeza do motivo e utilização de recurso que dificultou a defesa" da vítima.

Franklin irá cumprir a pena em regime fechado "em razão da quantidade de pena e porque o crime foi hediondo", justificou o magistrado. A decisão cabe recurso.

Confira a decisão.