Polí­tica

Foto: Divulgação

Nessa segunda-feira, 11, a senadora Kátia Abreu disse que os vícios devem ser encarados pelo poder público e pela sociedade como doença. A declaração foi durante a cerimônia de inauguração do Centro de Recuperação para Tratamento de Dependentes Químicos, em Araguaína, promovida pelo prefeito da cidade Ronaldo Dimas.

Segundo Kátia Abreu, são poucas às medidas que previvem às drogas e citou como mais eficazes, à prática religiosa e a formação educacional, vivenciada no ambiente familiar. "Não tem instrumento melhor que a igreja e a escola. Ambos têm papel fundamental na prevenção e na orientação, em colocar temor nos corações dos nossos jovens e das nossas famílias do mal provocado por essa maldita droga e álcool. Todos nós e o poder público devemos nos conscientizar de que o vício não é uma pouca vergonha, é uma doença. Temos que ser valentes na persistência, na perseverança e não desistir dessas pessoas”, disse que a senadora.

Kátia Abreu também atribuiu o crescimento da violência como um dos fatores para o aumento do tráfico de drogas. “O tráfico é evitado com o fortalecimento da polícia. Governo que não é amigo de polícia é a mesma coisa de ser amigo de bandido. Ser amigo de polícia não é só dá aumento de salário, é dá instrumento para que eles possam enfrentar os traficantes. Eles precisam de inteligência, armas, carros, combustível e apoio. Nossos policiais civis e militares sabem trabalhar, mas estão completamente à deriva e abandonados de estruturas. E os bandidos entrando em nosso estado, sentido nossa fraqueza e fazendo festa no Tocantins”.

Recursos

A construção do espaço custou R$ 1.271.154,49, dos quais R$ 1 milhão é fruto de emenda parlamentar da senadora Kátia Abreu e a diferença é contrapartida do governo municipal. O local com capacidade para receber mais de 30 pessoas, é o primeiro do Tocantins, segundo o prefeito da cidade.

Almoço

Após a inauguração do centro de recuperação, o prefeito Ronaldo Dimas marcou um almoço restrito com à senadora Kátia Abreu.   

Visitas

Além de visitar empresários em Araguaína, como os supermercadistas, Eurípedes e Patrícia (Baratão Premium), Edivaldo e Denize (Atacadão Campelo), a senadora ainda visitou o advogado Célio Moura e o ex-deputado, ex-prefeito de Araguaína e ex-vice-governador, Paulo Sidney.