Educação

Após comunicações encaminhadas à Secretaria Estadual de educação Juventude e Esportes (Seduc) e sem nenhuma reposta, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet), José Roque Santiago protocolizou ofício ao governador do Estado, Marcelo Miranda, com cópia também ao presidente do Comitê Gestor, David Shiffert cobrando audiência com o governo para tratar da pauta da Educação.

Segundo informação do sindicato, a Educação está sem receber passivos e retroativos das progressões desde 2014. A pauta ainda compõe entre outros (passivos e retroativos de 2015, 2016 e 2017); retroativos da data-base (2015, 2016 e 2017); equiparação PRONO e PROEB e o reajuste do Piso Salarial Profissional Nacional do magistério e sua aplicação na tabela de vencimentos.

José Roque quer discutir com o governo a pauta específica da Educação, já que, segundo o sindicato, a secretária da Educação, Wanessa Sechin estaria ignorado a representatividade da classe e consequentemente os direitos da categoria, não recebendo o Sintet desde janeiro de 2017.  “É notório, a responsabilidade dos trabalhadores em educação, e é papel do sindicato cobrar respaldo equivalente quanto a sua valorização”, afirma Santiago.

Por: Redação

Tags: José Roque Santiago, Sintet