Polí­tica

Foto: Divulgação

A decisão da justiça de Goiás, que, no dia 19 de dezembro de 2017, determinou a suspensão de forma imediata da apreensão de veículos por não pagamento do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) chamou a atenção do deputado estadual tocantinense Wanderlei Barbosa (SD).

O parlamentar parabenizou a juíza, Zilmnede Gomide da Silva Manzolli, pela decisão. 

Em fevereiro de 2017, o deputado apresentou um Projeto de Lei na Assembleia Legislativa do Tocantins com o objetivo de proibir, definitivamente, que carros e motocicletas sejam recolhidos aos pátios credenciados pelo Detran quando estiverem somente com o imposto atrasado. 

O deputado afirma que vai fazer total esforço para que o projeto de sua autoria seja aprovado no Tocantins logo após o recesso parlamentar.  Wanderlei ressalta ainda a importância da proposta. “O projeto é importante para toda população tocantinense, vamos nos unir para que até abril deste ano a proposta seja aprovada”, disse.