Campo

Foto: Ernesto de Souza/Ed. Globo A produção de tilápia é, em vista, a grande demanda de investidores na área de piscicultura A produção de tilápia é, em vista, a grande demanda de investidores na área de piscicultura

O secretário do Desenvolvimento da Agricultura e Pecuária (Seagro), Clemente Barros, fará uma visita técnica nesta quinta-feira, 1º de fevereiro, acompanhando uma equipe técnica do Governo do Estado ao complexo de produção verticalizada de tilápia Lake´s Fish Aquaporto/Razem, no Lago Serra da Mesa, município de Niquelândia (GO). Faz parte da equipe, representantes da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciências, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins).

A visita tem como objetivo ver a dinâmica e a viabilidade econômica da produção verticalizada da tilápia, pois, o grupo Aquaamérica/Aquaporto tem um projeto de uma unidade em Tocantins, mas antes dessa implantação, quer ajudar o governo do Tocantins a atrair um frigorífico e agregar pequenos aquicultores.

O projeto em Niquelândia é verticalizado na produção de tilápia, ou seja, desde a desova, eclosão da ova, larvas, alevinos, engorda, abate a filetagem (produção de filés) para os mercados de Brasília (DF) e Goiânia (GO).

Possibilidades

Para o secretário Clemente Barros, a visita no centro de produção de tilápia é, em vista, a grande demanda de investidores na área de piscicultura. “E o Tocantins possui as características ideais, temperatura, luminosidade e qualidade da água e, o governo do Estado tem empenhado para fomentar a cadeia produtiva da piscicultura, incluindo a tilápia”, disse.

O secretário acrescenta que, para tanto, inicialmente, o governo estuda as possibilidades das normas da legislação ambiental vigente. “Com isso atender a grande demanda de investidores que já estão com projetos de tilápia em outros estados e que desejam investir no Tocantins”, reforçou.