Polí­cia

É grave o estado de saúde de José Humberto Nogueira. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde (SESAU,) ele continua internado no Hospital Geral de Palmas (HGP) e deverá passar por cirurgia para remover uma bala que ficou alojada na cabeça. De acordo com informações da Polícia Civil, José Humberto é acusado de ter matado a tiros a própria mulher, a técnica de enfermagem Juvenia Cunha de Sousa, de 36 anos, na noite desta quarta-feira, 31. 

O crime aconteceu na Quadra 804 Sul em Palmas. Após atirar na mulher, José Humberto teria disparado contra a própria cabeça. A vítima não resistiu e morreu no local. Já o suspeito foi socorrido pelo SAMU e levado ainda com vida para o HGP.

O caso é mais uma suspeita de feminicídio, crime no qual a mulher é assassinada por sua condição de ser mulher, tendo por motivação o sentimento de propriedade sobre o corpo feminino. 

Por: Redação

Tags: Feminicídio, Polícia, Polícia Civil