Cultura

Foto: Divulgação

A maior casa de eventos do Tocantins, a Woods Palmas, recebe nesta sexta-feira, 2 de fevereiro, já para um esquenta de carnaval, o DJ Shark, referência no País quando se fala em pista animada e boa música. 

Com um set dinâmico, ele é pioneiro no 'Open Format', misturando Trap, Bass Music & Hip hop. O DJ encanta com um mix inteligente de produções próprias, clássicos, lançamentos e mashups.

Rafael Gebara, mais conhecido como DJ Shark é natural do Rio de Janeiro. Com 17 anos, o DJ já tinha fascínio pela música Black e pelos bailes charmes da cidade. 

Apoiado pelo professor Fernandinho DJ iniciou sua trajetória tocando em festas da Zona Sul e clubes como Rock In Rio Café, Meli-Melo e Studio54, o que lhe gerou convites para tocar fora da cidade.

Em 2002 já fazia seus primeiros remixes “Shark Mix” (versões de “Can´t Wait – INOJ”, “Janet Jackson - Doesn't Really Matter”, “Jay-Z - Bonnie and Clyde” entre outras), muitos a pedidos de gravadoras como EMI e Universal Music.

Nos anos seguintes Shark firmou seu nome em diversas cidades do País, tocando com artistas brasileiros e internacionais. Também em 2002, ele  recebeu da “Rádio Mix FM RJ” seu primeiro programa de rádio, o “Festa Mix Black”. Ano em que também trouxe “Lloyd Banks (G-Unit) para o Brasil e realizou sua primeira tour com rappers.

Em 2010 foi um momento de inovação para o DJ. Onde fundou o estilo “OpenFormat” no Brasil no qual misturava HipHop, com MPB, Indie-Pop e House (misturas de outros estilos com a Black Music). Ao mesmo tempo, viabilizava a gravação do Clipe “Machuka” do Rapper Lil Jon & Mr Catra, na comunidade da Mangueira RJ, fazendo diversos shows com o cantor pelo Brasil.

Já em 2011 foi tocar nos EUA (Favela Chic – Miami) , e países da America Latina. Em 2012 recebeu o premio de “Destaque de Black Music” do ano pela Revista DJSOUND, ano em que também ingressou na rádio Jovem Pan FM 102,9, fazendo o programa Ritmo da Noite. Em 2015, o DJ recebeu pela mesma revista de novo o prêmio.

Atualmente Shark é DJ da Entourage Produções e Eventos, além de ser residente da marca “Favela Chic” no Brasil e tem seu projeto OMG(Oh My God) onde trabalha com o músico Breno Morais.

Kris França

Também para embalar a noite e o público já entrar no clima da maior festa popular do Brasil, o cantor Kris França vai levar o melhor da swingueira com seu repertório composto de músicas autorais e hits do axé music e do sertanejo universitário. O artista, que hoje segue carreira solo, fazia parte do grupo “É Dipherente”, onde atuou como vocalista durante 10 anos.

A casa abre as portas ‪às 23h. A entrada para a festa custa R,00 por pessoa (válido até meia-noite), isso para quem estiver com o nome na lista fan page/clube Wood´s. Na portaria, o ingresso custa R$ 40, 00 para Arena Wood's. Já o valor da entrada, que dá direito à pulseira vip custa R$ 80, 00. A Mesa pode ser adquirida em um valor de R$ 500,00 (5 pessoas – R$ 250, 00 em consumação).Para o camarote, o preço é de R$ 2. 000 00 (10 Pessoas - R$ 1.500,00 em consumação).

Woods

Existente em diversos estados do País, a Woods é atualmente o maior grupo especializado em entretenimento noturno do Brasil. Em seus oito anos de existência, a casa levou o clima alto-astral, com conforto e segurança, a milhões de pessoas, além de ter promovido shows com importantes atrações  do sertanejo brasileiro, como Michel Teló, Fernando e Sorocaba, Luan Santana, Munhoz e Mariano e entre tantas outras.