Polí­tica

Foto: Divulgação

O deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Tocantis, Mauro Carlesse (PHS), afirmou neste último sábado, 4, que é inconcebível a ação do presidente da República, Michel Temer, de autorizar estudos para transposição do Rio Tocantins para a bacia do rio São Francisco. 

Para Carlesse a decisão é fruto de total falta de conhecimento da realidade das águas no Estado, a cada dia mais escassas, segundo o deputado. "É mais uma ação eleitoreira para  angariar apoio no Nordeste. A população tocantinense conhece bem a fragilidade em que estamos vivendo com as estiagens e com certeza vão se posicionar contrária a essa intenção do presidente. Já aprovamos um projeto de lei que dificulta esta iniciativa e esperamos que nossas leis sejam respeitadas e também nossa autonomia em gerir nossos mananciais", diz Carlesse.

O presidente disse ainda que espera que bancada federal reaja imediatamente contra o que chamou de “absurdo com o que querem fazer com rio Tocantins “que é nossa principal fonte de água doce", salientou. 

O presidente da assembleia reafirma sua posição contrária a transposição e que seguirá lutando contra a ideia. "Vou seguir lutando contra essa ideia.  Nossos recursos naturais não podem ser destruídos para atender caprichos políticos e sem fundamentação técnica viável", concluiu.