Polí­cia

Foto: SSP/TO O suspeito se passava por funcionário da agência bancária O suspeito se passava por funcionário da agência bancária

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da Delegacia de Polícia de Filadélfia prendeu em flagrante, na tarde dessa última segunda-feira, 2, Anderson C. do N., de 24 anos, pelo crime de tentativa de furto qualificado.

Conforme informações da Polícia Civil, agentes da Delegacia de Filadélfia já monitoravam o indivíduo, desde a quinta-feira passada, quando ele foi visto sacando dinheiro na agência do Banco Bradesco daquela cidade, sendo que hoje, o mesmo retornou para realizar transações, quando acabou preso.

Em seu poder, os policiais civis encontraram diversos cartões bancários de terceiros, provavelmente furtados de vítimas idosas. Ele já foi reconhecido por uma vítima de Goiatins, quando se passava por funcionário da agência bancária auxiliando a sacar dinheiro, trocando os cartões e memorizando as senhas para aplicar o golpe.

No prosseguimento das investigações outras vítimas serão chamadas para o reconhecimento, quando então a Polícia Civil espera ter a real dimensão dos prejuízos causados pelo autor, o qual é morador de Araguaína e cursa Direito, em uma faculdade particular da cidade.

Anderson foi conduzido à Central de Flagrantes da 1ª Delegacia Regional de Araguaína, para a realização das providências legais cabíveis. No entanto, o homem não recolheu aos cofres públicos a quantia de 10 salários mínimos, arbitrada como fiança pela autoridade policial, e deste modo, foi recolhido à carceragem da Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.