Polí­cia

Foto: SSP/TO O indivíduo foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, originária da operação “Brasil Central O indivíduo foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, originária da operação “Brasil Central"

Policiais civis da Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (DENARC), comandados pela delegada Luciana Coelho Midlej, efetuaram na tarde dessa última quarta-feira, 11, a prisão de Lucas M. R., vulgo “Paraguai”, de 24 anos de idade. O indivíduo é suspeito pela prática do crime de tráfico de drogas e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, originária da operação “Brasil Central”, quando se encontrava no Setor Itaipu, em Goiânia.

Na ocasião da operação, Lucas mantinha em depósito, dezenas de quilos de maconha e um mini laboratório, onde multiplicava cocaína adicionando insumos, como acido bórico e outros. A habilidade em multiplicar a cocaína deu origem a seu apelido, pois os usuários reclamavam da qualidade da cocaína chamando-a de paraguaia (conotação de falsificada).

Lucas estava foragido em Goiânia, articulando remessas de entorpecentes e anabolizantes para o Tocantins, mas foi descoberto mediante investigação da Denarc. Após localizar o foragido, os policiais civis da Delegacia Especializada  foram até a capital de Goiás, onde prenderam Lucas, que foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Goiânia.

O indivíduo deve ser recambiado para Palmas em breve, a fim de que responda pelos crimes que lhe são imputados.