Campo

O governador em exercício Paulo Sidnei do Tocantins, Paulo Sidnei (PPS), visita nesta segunda-feira, 1º de outubro, às 9h30, a Unidade Experimental da UFT - Universidade Federal do Tocantins, em Palmas. Paulo Sidnei prestigia a extração dos primeiros litros de álcool de batata-doce. O projeto, inédito no país pelo tipo de batata desenvolvido, é fruto de 10 anos de pesquisas.

O governo do Estado, através da Seagro – Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, é parceiro da UFT em projeto de pesquisa e produção de bioálcool, os investimentos chegam na casa dos R$ 600 mil. O governo ainda desenvolve a produção irrigada de batata-doce no Centro Agrotecnológico e Ambiental, para viabilizar as pesquisas da Universidade.

Projeto

O projeto de plantio da batata-doce para extração do biocombústivel é integrante do Programa de Apoio à Criação de Oportunidades em Mercados Alternativos em Áreas Rurais do Tocantins, voltado para atender os pequenos produtores rurais das comunidades, assentamentos e associações da agricultura familiar.

De acordo com um dos coordenadores do projeto, professor Márcio da Silveira, o projeto ainda prevê a instalação, em 2008, de mini usinas em assentamentos nos municípios de Palmas e Pium. Oitenta hectares de batata serão plantados nos assentamentos Provi, no município de Pium, e no assentamento Mariana, em Palmas.

Cada usina terá capacidade de produção de 1.200 litros/dia de álcool. Para chegar à produção do álcool, os pesquisadores selecionaram e desenvolveram cultivares de batata-doce resistente à doenças e de fácil adaptação ao solo tocantinense. Cerca de 160 famílias serão beneficiadas diretamente com os empreendimentos, que terão capacidade de produzir diariamente 2.400 litros de álcool.

Secom

Por: Redação

Tags: Governador, Municípios, Palmas, agricultura, campo, usina