Polí­tica

Realizou-se nesta terça-feira, dia 9, as duas primeiras reuniões da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins. Durante a primeira, o vice-presidente da CPI, deputado Manoel Queiroz (PT) apresentou requerimento solicitando ao TCE, cópias das folhas de pagamentos de todos os servidores efetivos e comissionados, ativos e inativos do órgão durante os últimos seis meses (março a setembro). O requerimento foi aprovado por unanimidade e as informações têm prazo de cinco dias úteis para serem encaminhadas. O parlamentar petista justificou que visa, com este pedido, investigar a situação contábil, financeira, orçamentária e operacional, principalmente quanto ao cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e os desmandos cometidos contra as autoridades governamentais pelo Tribunal de Contas do Estado.

Já na segunda reunião, todos os parlamentares manifestaram-se quanto à matéria. O deputado Raimundo Moreira (PSDB) contestou a finalidade do requerimento, uma vez que, segundo ele, os meses escolhidos não formam um quadrimestre, um semestre e, por isso gera dúvidas quanto a sua finalidade. "Identificar os funcionários nomeados na gestão do novo presidente do TCE", foi a interpretação do presidente da CPI, deputado César Halum (DEM). O líder do governo e relator da Comissão, deputado Júnior Coimbra (PMDB) foi conciliador em seu pronunciamento. " É preciso aguardar a chegada das informações para saber o que será feito delas", disse o parlamentar pmdbista.

Dicom Assembléia Legislativa

Por: Redação

Tags: Estado, Política