Campo

que tem como tema a luta Por Escola, Terra e Dignidade.

O encontro faz parte das comemorações da Semana da Criança. A mobilização começou na manhã de hoje (10) e vai até sexta-feira (12). As crianças estão acampadas na chácara do Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Paraná (Sindijus).

À tarde, os manifestantes terão aulas sobre seus direitos, previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente. Amanhã (11), a partir das 8 horas, eles participam de uma marcha pelo centro de Curitiba. Eles saem da frente do Palácio Iguaçu, sede do governo, e vão para a Praça Santos Andrade, onde serão realizadas várias atividades temáticas no ato Ciranda Pelos Direitos da Criança e do Adolescente.

Segundo a assessoria de imprensa do MST, após a marcha, os sem-terrinha participam de negociações com o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a Secretaria de Educação do Paraná (Seed). Eles vão cobrar o assentamento das 8 mil famílias acampadas no Estado e a implantação e reforma de escolas nas áreas de reforma agrária.

Agência Brasil

Por: Redação

Tags: Estado, Sindicatos, campo