Estado

A Operação Cerrados I, desenvolvida no norte do Tocantins e cidades do estado do Maranhão próximas ao Tocantins, teve inicio nesta segunda-feira, 05, e já conta com aproximadamente 940 procedimentos, entre abordagens em veículos e pessoas, além de apreensão de uma camionete e uma arma sem documentos. A operação deve acontecer até a próxima sexta-feira, 09, em localizações diferenciadas.

As Polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e Federal, abordou somente nesta segunda-feira, 05, cerca de 580 pessoas em Tocantinópolis, fez vistorias em 357 veículos entre caminhões, ônibus, microônibus, motocicletas e outros, resultando na lavratura de um termo circuntanciado de ocorrência e uma prisão em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.

A operação cerrado é uma das atividades desenvolvidas pelos órgãos que compõem o Conselho de Segurança do Meio Norte - COMEN e visa, nesta operação específica, coibir com eficácia as ações criminosas no âmbito dos Estados do Tocantins e Maranhão, especialmente nas fronteiras.

O COMEN é um instrumento de integração das corporações responsáveis pela segurança no Meio Norte, região composta pelos estados do Amapá, Maranhão, Pará, Piauí e Tocantins, planejando e elaborando ações integradas entre esses estados para combater a criminalidade, em especial nas regiões de fronteiras.

De acordo com o diretor de Policia do Interior, Delegado Gilson Sousa, representante do Tocantins nessa operação, a integração das forças policiais de ambos estados é fundamental para o sucesso das operações. "O objetivo está sendo gradativamente cumprido. O trabalho nas barreiras ocorre de forma tranqüila devido à ação de policiais empenhados, o que facilita o entendimento das partes, além de proporcionar uma sensação de segurança na população local" esclarece o Diretor.

Ascom SSP-TO

Por: Redação

Tags: Cerrado, Estado, Tocantins