Polí­tica

Segue até o fim da tarde desta quinta-feira, 29, na Sala Sinhozinho no Espaço Cultural em Palmas, o II Seminário de Fortalecimento do Controle Social, que tem o objetivo de ampliar a participação da comunidade e dos trabalhadores na discussão sobre a saúde e qualidade de vida da classe trabalhadora.

Durante a solenidade de abertura, na manhã de hoje, estiveram presentes, o Secretário Municipal de Saúde, Samuel Bonilha, a Superintendente de Vigilância em Saúde do Tocantins, Ruth Paranaguá, Coordenador da Comissão Intersetorial de Saúde do Trabalhador (CIST), Adauto Valentino entre representantes dos trabalhadores.

De acordo com Maria da Graça Hueefl, médica do trabalho e coordenadora adjunta do trabalhador do Ministério da Saúde, "Não há saúde do trabalhador se não houver fortalecimento do controle social, sendo a participação da população uma das principais diretrizes da política nacional da saúde do trabalhador", enfatizou.

Nesta tarde os inscritos no evento participarão de mesa redonda conforme programação.

14 h – Mesa redonda

Tema: Os desafios do Controle social frente ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)

Participantes:

CUT Nacional; Quintino Severo, Secretário da CUT Nacional e Representante dos Metalúrgicos de Porto Alegre (RS).

CUT Local: Adauto Valentino da Silva: Secretário de Políticas da CUT/TO, Representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Miranorte/TO, Membro do Conselho Estadual de Saúde e Coordenador da CIST de Palmas.

16H30 - Encerramento

Karlany Soares

Ascop

Por: Redação

Tags: Política, Sindicatos, trabalhador