Estado

Foto: Frederick Borges

Uma das expectativas agroindustriais do Tocantins para este ano pode ser a implantação de uma indústria de celulose. O governador Marcelo Miranda (PMDB) se reuniu com empresários paranaenses, grupo Ecoverdi, nesta terça-feira, 15, para discutir a proposta. “É um projeto consolidado do governo do Estado, através de trabalho dentro e fora do país”, disse o secretário da Agricultura, Roberto Sahium, acrescentando que este é um dos segmentos importantes para agregar valor à matéria-prima tocantinense.

O próximo passo será a formação, com representantes da Ecoverdi e do próprio governo do Estado, de um grupo de trabalho para discutir questões técnicas que viabilizem a proposta. “Estamos estudando a viabilidade de instalar a fábrica aqui (no Tocantins), aproveitando o perfil agrícola do Estado e a postura do Governo, de desenvolvimento”, disse Luiz Eduardo Taliberti, diretor geral da Ecoverdi, lembrando ainda a logística ofertada através de uma importante malha rodoviária, hidrográfica e ferroviária.

De acordo com o secretário Roberto Sahium esta fase de estudo é para formatar o plano de negócios numa estrutura técnica de trabalho. Ele acrescentou que serão discutidas questões como solo e o tipo de papel que pode ser fabricado no Tocantins. Os primeiros resultados podem ser apresentados nos próximos dois meses, informou Taliberti.

Ecoverdi

O grupo Ecoverdi tem sede no Paraná e conta também com fabricas na Paraíba, na fabricação de celulose e embalagens. A empresa tem mais de 40 anos de atuação neste segmento, segundo informou o diretor geral.

Também participaram do encontro os membros do conselho executivo da empresa, Marco Antônio de Pauli, Luiz Cláudio Bettega de Pauli, Luiz Alberto de Pauli e Jackson Lenzi Pires. Compareceram ainda o representante da empresa de consultoria Irineu Bornhausen Neto, da BS/COM e o secretário-chefe da Governadoria, Luiz Antônio da Rocha.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Celulose, Estado, Roberto Sahium