Estado

O presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) virá ao Tocantins no próximo dia 6 de março para a entrega dos lotes do Projeto de Irrigação Manuel Alves aos contemplados na primeira etapa do projeto. A informação foi dada pelo secretário Nacional de Infra Estrutura Hídrica, João Reis Santana Filho, que concluiu a vistoria final às obras da CMT na área do projeto. O secretário nacional esteve durante a tarde deste sábado, 23, acompanhado pelo secretário estadual dos Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Anízio Pedreira, e diretores da empresa, em Dianópolis.

Ele se reúne neste domingo, 24, com o secretário estadual da Infra- Estrutura, Brito Miranda, para acertar os detalhes da vinda do presidente ao Tocantins.

“Na primeira etapa de implantação das obras de infra-estrutura hídrica nós concluímos a barragem. O projeto de irrigação, por sua vez, só é realmente inaugurado, quando estiver pronto para funcionar, com os canais de irrigação, estações de bombeamento e rede de distribuição prontos, como estão agora”, explicou Pedreira.

O secretário informou ainda que o ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, também estará presente no evento. “Ele tem sido um grande amigo do Tocantins, sempre sensível às demandas do Estado por recursos para suas obras hídricas que gerem o desenvolvimento e bem estar social”, disse Pedreira.

Foram licitados na primeira etapa 5 mil hectares, divididos em 61 lotes para pequeno produtor qualificado, e 8 lotes empresariais. A entrega dos lotes pelo presidente da República e pelo governador do Estado, permitirá que o projeto tome forma, desencadeando a produção de frutas na região Sudeste e possibilitando a realização da licitação para os lotes da segunda etapa do Projeto Manuel Alves, com previsão para se realizar ainda no primeiro semestre deste ano. O projeto Manuel Alves está localizado entre os municípios de Dianópolis e Porto Alegre do Tocantins. A pavimentação do acesso aos lotes da primeira etapa também se encontra concluída.

Da redação com informações Secom

Por: redação

Tags: Estado, Projeto Manoel Alves