Palmas

Foto: Divulgação Frame do curta Tá, destaque da programação do Festival MixBrasil em Palmas Frame do curta Tá, destaque da programação do Festival MixBrasil em Palmas

A capital de Tocantins receberá o Festival MixBrasil (mostra de cinema GLBT) neste fim de semana, no sábado e domingo, 29 e 30. O festival acontece logo após a celebração da I Conferência Estadual GLBT de Tocantins, que será realizada nestes dias.

A iniciativa é uma ação cultural do Grupo Ipê Amarelo de Palmas – GIAMA. A mostra, que faz parte do projeto "Palmas para a Diversidade Sexual", tem o patrocínio do Ministério da Cultura e apoio da Prefeitura de Palmas.

O Festival MixBrasil é parte do projeto itinerante 2008 de Cinema e Vídeo da Diversidade Sexual e chega à cidade em versão enxuta, com o supra-sumo dos filmes produzidos no Brasil mais alguns highlights gringos.

Para divulgar o evento, outdoors foram espalhados pelo centro de Palmas e drags também estão fazendo a divulgação em bares e locais gays da cidade. Durante a abertura, haverá shows artísticos e a participação da Top Drag Priscilla Camburão.

O destaque de toda a programação é o curta "Tá", de Felipe Sholl, que levou o Teddy Bear no último Festival de Berlim. O filme já tinha recebido o Coelho de Prata dado pelo júri oficial do Festival MixBrasil 2007.

Os filmes rolam na sala Sinhozinho. André Fischer, diretor do festival, estará nas sessões.

Confira a programação

Sábado - 29/03

17h - Programa de curtas MixDoc

Se Pá…( Dácio Pinheiro , Ed Andrade , Rick Castro , Carolina Gold, Luciana Taliani, Marina Meirelles , Lau Neves, 2007, São Paulo, vídeo, 15’) Documentário sobre um grupo de adolescentes e suas impressões sobre vida, política e cultura.

Operação Camuflagem (Leonardo Ayres, 2006, Rio de Janeiro, vídeo, 8’) O artista Leonardo Ayres envia uma fotografia para um salão de arte numa importante instituição militar brasileira. Ele é premiado com destaque, mas os organizadores do salão nem perceberam do que realmente se tratava seu trabalho.

Flores de 70 (Vinícius Cruxen, 2007, Porto Alegre, vídeo, 22’) Resgate da cultura GLBT porto-alegrense tendo como representante do início do movimento o clube Flower’s. Ela foi a primeira boate freqüentada pela comunidade gay da capital gaúcha, na década de 70, e possuía uma estrutura copiada até hoje por muitas casas do mesmo segmento na cidade. Um panorama da significação histórica da casa e das riquíssimas tramas de seus personagens ao longo dos anos.

69 – Praça da Luz (Carolina Markowicz e Joana Galvão, 2007, São Paulo, vídeo, 21’) Um relato sobre a história de vida das velhas prostitutas que trabalham até hoje na Praça da Luz, em São Paulo. A narrativa dessas cinco mulheres revelará em detalhes algumas experiências dramáticas e todo o estilo de vida adotado por elas nesses anos de profissão.

Algolagnia (Túlio Bambino, 2006, Rio de Janeiro, vídeo, 29’) Uma investigação sobre o mundo BDSM (Bondage Disciplina Sadismo Masoquismo) do Rio de Janeiro. Doze personagens ativos desta modalidade, tops e bottoms, dominantes ou dominados, falam diretamente à câmera sobre amor, vida, religião e coisas comuns a esse mundo estranho ao cidadão convencional.

19h - Programa de curtas Mapa das Minas

Escombros (Justin Kelly, 2006, EUA, vídeo, 8’) Uma aeromoça que acabou de cair dos ares perambula sem destino. Belas garotas então se sujam e rasgam suas meias.

Spinning (Heidi Arnesen, 2006, Noruega, video, 8’) Um chuveiro pode ser íntimo e privado, mas quando as luzes se apagam, essas três garotas vão muito além dos limites, sem o menor pudor de seus corpos nus.

Brócolis (Ann Husaini, 2005, EUA, vídeo, 15’) Velma e seu novo namorado europeu e gostoso começam uma nova dieta de comidas cruas. Ela convida sua amiga Mai para acompanhar o processo da dieta. Mas Velma descobrirá que sua apetitosa amiga pode fazer parte do cardápio.

Passada (Christy Wegener, 2007, EUA, video, 13’) Maddie é uma linda lésbica com o coração partido. Ela tem um rabo que ainda a prende ao seu passado, metafórica e fisicamente falando. Será que ela conseguirá cortar os laços que a prendem ao passado e, mais que isso, conseguirá cortar esse rabo?

Quero Ser uma Secretária (Sarah Wood, 2006, Reino Unido, vídeo, 12’) No pós-Segunda Guerra, esta é a aventura de uma garota na sala de datilografia. O curta inspira-se numa seleção de esquecidos filmes de recrutamento do pós-guerra, nos quais a garota moderna era encorajada a seguir a carreira de secretária. Que outro caminho está aberto para uma jovem independente? Quais são os segredos que se escondem na sala de reuniões? E qual é o significado do sorriso firme e misterioso da senhora Ingall? A valente heroína desse curta logo descobrirá, ao som de "Just a Little Lovin’", de Dusty Pringfield. Foi o melhor filme no Halloween Short Film Festival, em 2007.

Flores no Parque (ou os Primeiros Beijos) (Mariel Macia, 2006, Espanha, vídeo, 10’) Ana e Lola marcam de se encontrar no parque. Lola trará flores. Ana trará dúvidas. A indecisão de uma transforma-se em provocação para a outra. Até que elas dêem o primeiro beijo.

Vida Privada (Abbe Robinson, 2006, Reino Unido, vídeo, 16’) Yorkshire, Inglaterra, 1952: Ruth Ackroyd, uma mulher solteira perto dos trinta anos, deixa a monotonia do seu trabalho numa fábrica têxtil, em plena sexta-feira à tarde, e secretamente pega o trem para Manchester, onde ela conhece um homem logo ao chegar na estação. Será que tudo é mesmo o que parece?

21h - Programa de curtas MixHomem

Acorda (Roberta Marques , 2005, Fortaleza/Holanda, vídeo, 17’) Sidney é um garoto do subúrbio que vende pássaros nas praias de Fortaleza. Cansado da vida que leva, deseja sair do país e virar uma estrela. Ao conhecer Robert, estrangeiro que se interessa por ele, Sidney pode estar diante da chance de ir embora e tentar realizar seus sonhos. Roberta Marques também assina o roteiro, a fotografia e a montagem.

Doce e Salgado (Chico Lacerda, 2007, Recife, vídeo, 7’) Dois adolescentes, amigos de colégio, descobrem o desejo.

(Felipe Sholl, 2007, Rio de Janeiro, vídeo, 5’) Dois meninos num banheiro público. Eles cheiram cocaína, falam sobre sexo, fazem sacanagens. Mas o filme ganha um outro tom quando revelam o que realmente querem.

O Papel das Dobras (Bruno Jorge, 2007, São Paulo, vídeo, 20’) Levando uma relação desgastada com seu companheiro, homem tenta manter vivo seu antigo sonho: ser diretor de teatro. Ele paga prostitutas para encenarem suas fantasias, enquanto conserva um prazer peculiar por dobraduras.

Meu Cão Me Ensina a Viver (Filipe Moura, 2007, Rio de Janeiro, vídeo, 12’) Após a morte de seu cachorro, um jovem fotógrafo sai à procura de todas as extensões do significado de sua existência.

Bárbara (Carlos Gradim, 2007, Belo Horizonte, vídeo, 10’) Bárbara, travestida em aparência e essência, ao lado do leito de morte de seu pai, tem que continuar na corda bamba, entre camas da vida e da morte, entre a recusa e a aceitação.

Beijo de Sal (Fellipe Barbosa, 2006, Rio de Janeiro/EUA, vídeo, 18’) Numa ilha próxima ao Rio de Janeiro, Rogério tenta resgatar seu melhor amigo recém-noivo para curtir a vida e relembrar os bons momentos que passaram juntos.

22:30 – "Cinema e Cultura GLBT"

Palestra com Welton Trindade – Presidente do Grupo Estruturação de Brasília e colunista do site Mix Brasil.

DOMINGO - 30/03

17h

Na Alegria e na Tristeza / Through Thick and Thin (Sebastian Cordoba, 2007, EUA, 76’ ) O documentário registra a dor, se não o desespero, de inúmeros casais homossexuais e binacionais nos Estados Unidos. O cineasta estreante Sebastian Cordoba conversou com sete casais gays, lésbicos e transgêneros formados por uma metade imigrante num país em plena histeria xenófoba. Em metrópoles ou cidadelas, há incontáveis casais que se formaram sob o signo da dúvida. Desde 2000, no Congresso americano, corre o Uniting American Families Act, uma lei de origem republicana que troca o termo "esposa" por "parceiro fixo", estendendo os mesmos direitos. Até hoje ela continua em tramitação. De forma carinhosa e sempre atenta, Cordoba flagra impasses delicados entre casais, que estão dispostos a qualquer coisa para permanecerem juntos, mas muitas vezes percebem que o amor não vence todas as barreiras.

19h - Programa de curtas Sonhos e Pesadelos

Alto Risco (Nahuel Losada, 2007, Espanha, vídeo, 10’) Um jovem apaixona-se pelo homem que pode ser o paciente zero do mais novo e resistente vírus da Aids. Ele entra numa odisséia onírica rumo ao coração deste homem, que precisa encarar seus medos em relação ao novo vírus, e de sua própria incapacidade de amar.

Aquarela da Fama (Darren Stein, 2007, EUA, vídeo, 18’) Gêmeos idênticos de 18 anos, Taylor e Hanson chegam a Hollywood com estrelas nos olhos. Quando vêem atores personificando figuras como Superman, Michael Jackson e a Dorothy de "O Mágico de Oz", eles descobrem que podem ganhar a vida fazendo-se passar pelas gêmeas Ashley e Mary Kate Olsen. Mas depois de certa notoriedade, a situação se degringola entre eles. Este é um conto sobre a desesperada necessidade de "ser alguém".

Casa da Mami (Aron Kantor, 2007, EUA, vídeo, 19’) Richard e Carl, casal gay de ladrões de banco, discutem seus próximos planos quando o carro quebra nas montanhas. Eles procuram abrigo na opulenta mansão de Mami (Veronica Cartwright, de "As Bruxas de Eastwick"). A louca senhora confunde Richard com seu filho desaparecido e, entre desejos conflitantes e acontecimentos sobrenaturais, o casal descobre que Mami sempre consegue o que quer.

Gay Zombie (Michael Simon, 2007, EUA, video, 20’) Miles, um zumbi obcecado por Hugh Jackman, conhece Todd, um desiludido, e Greg, um gay bem expansivo. Os três entram numa jornada de descobertas, de como se sentir bem na própria pele. Miles, após uma transformação radical e necessária, assume sua atração por Todd, mas o instinto de zumbi pode atrapalhar essa relação.

Lucky (Dan Faltz, 2006, EUA, video, 6’) Um detetive alcoólatra, na pista de um assassino, envolve-se numa acirrada perseguição que pode revelar detalhes secretos de sua vida íntima.

Possessão (Hervé Joseph Lebrun, 2007, França, vídeo, 24’) Um homem, depois de observar seu vizinho de porta por muito tempo, resolve seqüestrá-lo. Em acessos de paixão e loucura, ele declara seu amor e revela segredos sobre sua saúde e sobre como deve ser encarada a morte. Uma história de amor letal. Trilha sonora do Antropik, de ambient electro.

Rabo de Foguete (Hilari Scarl, 2007, EUA, vídeo, 8’) O choque de dois mundos fica evidente quando o aniversário cheio de meninas de 10 anos de Jessica transforma-se no pesadelo de Jason, menino solitário que surta ao dar de cara com esse mundo cor-de-rosa.

21h

Meus Tempos de Super 8 / Ma Saison Super 8 / My Super 8 Season (Alessandro Avellis, 2005, França, 74’) O filme tem a mesma ambientação histórico-sensual de "Os Sonhadores", de Bernardo Bertolucci, mas é mais liberal e parece feito de forma caseira. É em pura estética super 8 e com câmera na mão que o jovem e estreante cineasta Alessandro Avellis viaja até a Paris do início dos anos 70. Depois de uma tentativa fracassada de criar um comitê homossexual de estudantes na Sorbonne, que acabou em orgia, Marc enfrenta problemas em lidar com sua própria sexualidade. Enquanto isso, Julie, sua melhor amiga, envolve-se cada vez mais na luta de classes e pela causa feminista. Os dois amigos se libertarão pela união de dois movimentos: o dos direitos do homossexual e o da mulher. Um programa de rádio desencadeia de vez as paixões e dá início a uma aventura política e sexual. Avellis inspirou-se livremente na história da FHAR (Frente de Ação Revolucionária Homossexual) e dedica o filme aos seus líderes, Guy Hocquenghem e Françoise d’Eaubonne.

22h30

Shows artísticos na grande praça do Espaço Cultural

Da redação com informações MixBrasil

Por: Redação

Tags: Giama, LGBT, Mixbrasil, Palmas