Polí­tica

Foto: Divulgação

O candidato a prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PP) se reuniu para uma conversa com representantes da organização não governamental GIAMA (Associação Grupo Ipê Amarelo pela Livre Orientação Sexual), na tarde desta quarta-feira, 22. 

Amastha foi o primeiro candidato a discutir com a instituição propostas para o segmento. “A nossa gestão será caracterizada por uma postura ativa no combate ao preconceito contra qualquer expressão da diversidade, seja sexual, de etnias, de origem regional”, destacou.

O presidente da organização, Renilson Cruz apresentou ao candidato as propostas do movimento LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transsexuais) para a próxima gestão da Capital, que incluem a apresentação de projetos de lei de garantia e defesa da cidadania e dos direitos humanos do segmento e o fortalecimento das Conferências Municipais LGBT.

Amastha comentou o convite e destacou a importância de se debater o tema. “É muito bom estarmos aqui conversando com mais esse segmento. Estamos andando a cidade inteira e tentando ouvir todo mundo para construirmos uma cidade mais justa”.

A instituição atua há 10 anos em prol dos direitos humanos e cidadania do público LGBT em todo o estado, atuando na promoção, assistência, controle social e educação do segmento. (Ascom Amastha)