Estado

Foto: Silvânia Lourenço

Gurupi e cidades circunvizinhas já estão contando com um suporte maior para a realização de exames de prevenção ao câncer de mama, tudo porque a Unidade de Mamografia do Hospital de Regional de Gurupi (HRG) entrou em funcionamento nesta semana.

De acordo com o diretor geral do HRG, Washington Patrocínio, o atendimento é feito após o encaminhamento dos médicos que atuam nas unidades básicas de saúde espalhadas pelos bairros da cidade e funciona de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

Patrocínio destaca que o funcionamento da Unidade de Mamografia do HRG é uma grande conquista, pois ajuda, sobremaneira, no diagnóstico de doenças relacionadas à mama, ressaltando que além de Gurupi, o serviço beneficia pacientes dos municípios de Alvorada, Araguaçu, Cariri, Formoso do Araguaia, Jaú, Sandolândia, Sucupira e Talismã.

A Unidade de Mamografia do HRG foi viabilizada por meio de um convênio entre a União e o Governo do Estado e têm capacidade inicial para a realização de 240 exames por mês, podendo aumentar esse número de acordo com a demanda.

Câncer de Mama

O câncer de mama lidera o índice de mortalidade na população feminina do Brasil e é relativamente raro antes dos 35 anos de idade, mas acima desta faixa etária, sua incidência cresce progressivamente. Portanto toda mulher entre 50 e 69 anos deve fazer, pelo menos, uma mamografia a cada dois anos. E mulheres com 40 anos ou mais devem procurar anualmente um ambulatório, centro ou posto de saúde para realizar o exame clínico das mamas.

Mulheres que tenham casos na família de pessoas que tiveram a doença antes dos 50 anos de idade, ou quem já teve câncer em uma das mamas ou no ovário, independente da idade, deve ficar atenta. Neste caso, a partir dos 35 anos, o exame clínico das mamas e a mamografia devem ser feitos uma vez por ano.

Quando feita rotineiramente, a mamografia pode detectar precocemente qualquer alteração na mama e se o tumor for retirado na fase inicial, a taxa de mortalidade cai expressivamente. A doença, quando descoberta a tempo, em 90% dos casos têm cura.

Como prevenção recomenda-se uma alimentação saudável e equilibrada (com frutas, legumes e verduras), bem como praticar atividades físicas e não fumar

 

Zacarias Martins

Por: redação

Tags: Estado, Gurupi, HRG, Mamografia