Palmas

O presidente da ATTM, Marcos de Souza Costa, realizaram visita técnica nas obras da Ciclovia na tarde desta sexta-feira, 11, na 704 Sul. Na vistoria estiveram presentes a representante do Ministério Publico Estadual, engenheira florestal Mariana Matos, a assessora de Planejamento da ATT, Joseísa Furtado, e o presidente da Associação dos Moradores da quadra 704 Sul, Carlos Augusto Melo Oliveira.

A visita marca o iniciou das obras da 2ª etapa da construção das Ciclovias, beneficiando os moradores da região Norte e Central da Capital.

A Ciclovia começa na Avenida NS-1, saindo do Hospital Geral de Palmas (LO-05), indo até o Hemocentro (L0-12), onde cruzará a Avenida Theotônio Segurado, e seguindo até a Avenida NS-02, com término na Avenida L0-04. O segundo trecho da Ciclovia sairá do Fórum (Avenida L0-13), seguindo até a Avenida NS-04, com término na Avenida L0 27.

A Ciclovia será bidirecional, ou seja, de sentido duplo para o trânsito. Com aproximadamente 2 km, a pista terá 2,5 mt de largura, incluindo sinalização horizontal e vertical.

Parceria

A obra é uma parceria entre a Prefeitura de Palmas e o Ministério das Cidades, tendo a Caixa Econômica Federal como agente de repasse. O recurso, no valor de R$ 1.750.383,34, contemplará calçadas e ciclovias, e são oriundos do – Programa de Mobilidade Urbana do Ministério das Cidades e Pró-Município.

Para o presidente da ATTM, Marcos de Souza Costa, o objetivo da Prefeitura é evitar acidentes envolvendo ciclistas, além de melhorar o fluxo do trânsito em Palmas", diz.

Outro trecho a ser contemplado com Ciclovia é a Avenida NS-01, entre as Avenidas L0-02 e L0-12. A obra está orçada em R$ 291.111,16.

1ª Ciclovia

Com 2.965 mt de extensão e 3 mt de largura, o trecho da Avenida Teotônio Segurado, entre a Ulbra e o Jardim Aureny III, foi o primeiro a contar com Ciclovia por ser considerado um trecho de grande circulação, utilizado por cerca de 500 ciclistas, em média, por dia. A obra está orçada em R$ 470.866,41, com recursos provenientes do Governo Federal – Programa de Mobilidade Urbana, do Ministério das Cidades. Ao todo, serão investidos R$ 2.512.360,91, recursos provenientes do Governo Federal – Programa Pró-Município e Mobilidade Urbana, do Ministério das Cidades.

Fonte: Ascop

Por: redação

Tags: ATTM, Ciclovia, MPE, Palmas