Estado

Foto: Laurienny Machado

Definir o processo de execução das obras, bem como, estabelecer as medições das unidades habitacionais de contratos do PAC - Programa de Aceleração do Crescimento foi o objetivo da reunião técnica realizada na manhã desta segunda-feira, 5, com representantes da secretaria da Habitação e Desenvolvimento Urbano, da secretaria da Infra-Estrutura, técnicos da Caixa e das construtoras Rio Tranqueira, Sabina Engenharia e Construsat.

As obras já estão em andamento, gerando, inclusive, na região do Bico do Papagaio, extremo norte do Estado, emprego para diversas famílias, já que as construtoras estão utilizando mão-de-obra dos povoados e municípios da região na construção das casas.

De acordo com o representante da Construtora Rio Tranqueira, Sebastião Barros Mascarenhas, a empresa já conta com mais de 300 funcionários contratados, entre pedreiros e serventes, dos povoados da região, além de empregar também mulheres quebradeiras de coco como cozinheiras.

Com contrapartida do governo do Estado, deverão ser investidos cerca de R$ 300 milhões na construção de mais de 12 mil unidades habitacionais, além de implantação de infra-estrutura em diversos municípios.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Estado, PAC