Palmas

O Arcebispo de Palmas, Dom Alberto Taveira, participou do Seminário Internacional para "refletir e dialogar sobre a realidade dos movimentos eclesiais" que iniciou-se na última quinta feira, 15 e se encerrou neste sábado, 17, em Roca di Papa, nas proximidades de Roma.

O seminário foi promovido pelo Pontifício Conselho para os Leigos e participaram do encontro mais de 100 bispos provenientes de 50 países, entre os quais o Brasil.

O tema central do evento foi "Peço-lhes para ir ao encontro dos movimentos com muito amor", extraído do discurso de Bento XVI a um grupo de bispos alemães, em visita "ad Limina" em 2006.

Segundo dom Alberto o seminário foi marcado por exposições de caráter teológico e pastoral que compartilham as experiências com várias dimensões a respeito dos movimentos na vida igreja. “Posso dizer que esta é uma experiência preciosa de muita convivência, de partilha, de relacionamento, de conhecimento, descoberta de muitas experiências interessantes”.

Dom Alberto afirmou que “tudo revela a disposição por parte do episcopado de buscar aqueles caminhos que são indicados pelo espírito para o nosso tempo”. Segundo ele para cada época tem que se dar uma resposta adequada, no sentido da evangelização, da formação da vida da igreja e da condução das comunidades diocesanas.

Conferência

Dom Alberto proferiu a conferência sobre o tema "Critérios práticos para o discernimento dos carismas". Segundo ele coube apresentar sua experiência e testemunho a respeito do tema. “Especialmente a partir da Cristi fidelis Lithe, mas também daquilo que vivo na arquidiocese de Palmas”. Dom Alberto disse que pôde apresentar sua reflexão, uma contribuição do Brasil para o seminário. “Uma oportunidade única privilegiada e certamente com muitos frutos para a vida de nossas igrejas”, finalizou.

 

Umberto Salvador Coelho

Da redação com informações Rádio Vaticano

Por: redação

Tags: Arcebispo, Palmas, Seminário