Estado

Foto: Humberto Leão

Uma nova proposta de expandir o biodiesel tocantinense foi apresentada nesta segunda-feira, 23, ao governo do Estado. Investidores americanos do consórcio Quantic Bioenergy trouxeram ao governador Marcelo Miranda a intenção de ter o Tocantins como parceiro na produção de matéria-prima para fabricação do combustível limpo para o mercado americano.

A reunião aconteceu no Palácio Araguaia, em Palmas, com a presença de três representantes da entidade, sediada em Orlando (Estados Unidos): Lee Maher e Dower Drumond (presidentes) e Denis Drumond (bioquímico), além do senador tocantinense Leomar Quintanilha, que acompanhou o grupo.

Um dos presidentes, Dower Dromund, destaca que o objetivo foi apresentar a oportunidade de negócio entre os Estados Unidos e o Tocantins. “Nossa intenção foi trazer ao Brasil, principalmente ao Tocantins, a oportunidade que teríamos de trabalho para atender a demanda nos Estados Unidos hoje”, disse, acrescentando que a vontade política, o interesse na produção familiar e as condições naturais favoráveis, justificam a procura do Tocantins para integrar este projeto, que tem em vista outros estados e entidades brasileiras.

O próximo passo, de acordo com o senador Leomar Quintanilha, é a criação de uma comissão com representantes do governo do Estado e da Quantic Bioenergy, para a formatação de um projeto, quando as discussões poderão ser avançadas sobre o tema. “O governador entende ser relevante o projeto, pela sua amplitude e alcance socioeconômico, e vai destacar da sua equipe pessoas que interagirão com os representantes para um projeto de desenvolvimento dessa proposta”, explicou.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Biodiesel, Estado