Estado

Foto: Antonio Cruz

Ao comentar a operação da Polícia Federal sobre desvios de recursos para obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, nesta terça-feira, que a investigação é realizada pelo próprio governo para fiscalizar a aplicação do dinheiro no programa.

"É importante na medida que fazemos convênios com as prefeituras, que haja um acompanhamento do dinheiro federal enviado ao município para saber se está sendo aplicado corretamente", disse Lula a jornalistas, após participar de um encontro com empresários para debater medidas pelos direitos humanos, na capital paulista.

A Polícia Federal prendeu, na semana passada, 26 pessoas acusadas de envolvimento em um esquema que desviou 700 milhões de reais de obras de construção civil, a maior parte do PAC, na maior operação da PF realizada este ano.

Durante a operação, foram cumpridos mandados de busca e apreensão em oito Estados, inclusive na Câmara dos Deputados, em Brasília, e em prefeituras de Minas Gerais e Rio de Janeiro.

"(A investigação) É sinal que queremos que cada real que o governo transfere seja aplicado na obra que foi contratada, e que não precisa de intermediários", acrescentou.

De acordo com a PF, entre as obras que tiveram recursos desviados estão a construção de casas populares e de estações de tratamento de esgoto em várias cidades. Por causa dos desvios, a realização dos projetos e sua qualidade foram comprometidas, segundo a polícia.

O PAC é o principal programa do governo Lula voltado para obras de infra-estrutura, urbanização e saneamento básico.

Fonte: Reuters

Por: Redação

Tags: Estado, Lula, PAC