Polí­tica

Foto: Nelson Jr Plenário do TSE Plenário do TSE

O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na sessão de ontem, quinta-feira, 26, negou por unanimidade, recurso da coligação “União do Tocantins” que pedia a cassação do governador de Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), por conduta vedada a agente público e uso indevido de meio de comunicação nas eleições de 2006. Na decisão, os ministros que compõem o TSE acompanharam o entendimento do relator, ministro Felix Fischer.

Na ação de investigação judicial eleitoral, a coligação derrotada alega que a coligação “Aliança da Vitória”, que apoiou o então candidato à reeleição no governo, e o jornal Correio de Tocantins, teriam veiculado matérias que beneficiaram a candidatura de Marcelo Miranda.

Segundo a denúncia, as matérias divulgadas apontariam o lado positivo da gestão do governador e informações negativas do candidato do PSDB ao governo, José Wilson Siqueira Campos. A coligação União do Tocantins reuniu PSDB, PL, PTB, PP, PSC, PSB, PV e PT do B.

Fonte: TSE

Por: redação

Tags: Marcelo Miranda, Política, TSE