Campo

O Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins realiza nesta sexta-feira, 25, a partir das 9h, em Pindorama do Tocantins, a 196 km de Palmas, uma aula prática do curso de artesanato com barro branco. A ação visa aperfeiçoar a mão de obra para aumentar a renda e diversificar as atividades realizadas pelos agricultores familiares.

A aula prática acontecerá na casa da agricultora familiar e instrutora do curso, Ilda Neres dos Santos, 57 anos, localizada na Rua 7 de Setembro, sem número. Participam do curso 15 agricultoras familiares da região, sendo que por meio do curso elas terão mais uma alternativa de renda. “Apresentamos aos agricultores e agricultoras da região várias alternativas de atividades que eles podem desenvolver em suas áreas, atividades que variam desde produção, criação e até artesanato” comenta a Chefe da Unidade Local de Execução de Serviços do Ruraltins em Pindorama, Iza Maria Rodrigues Neres.

Durante a aula prática as alunas assistirão a demonstrações de todas as etapas pela qual passa o artesanato, “vou mostras e ensinar as alunas como fazerem artesanato com o barro branco de forma bem simples para que elas possam colocar em prática em suas casas sem dificuldade”, diz Ilda Neres dos Santos. Esse já é o terceiro curso ministrado por Ilda Neres dos Santos que já trabalha com artesanato há 40 anos, “essa é uma atividade que foi passada de geração em geração na minha família”, lembra Santos.

Artesanato com barro branco

O artesanato em barro branco é conhecido em toda a região de Pindorama, pois é criado com um barro típico da região que só é encontrado no córrego próximo ao município. As peças criadas com este barro ficam com uma coloração mais clara do que as feitas com outros barros. São criados várias peças como jarro, pote, jogo de chá, panelas, e peças decorativas. Segundo informações de IldA Neres dos Santos as peças têm boa aceitação no mercado interno de Pindorama e também em outros municípios. “As peças são baratas por isso consigo vendê-las um jogo de chá com 14 peças vendo a R$ 60,00”, conta Santos.

Fonte: Ruraltins

Por: Redação

Tags: Artesanatos, campo