Campo

Foto: Andressa Brito

Na sexta-feira, 25, data em que se comemora o dia do Produtor Rural, Aparecida do Rio Negro, a 70km da capital, sediou o I Encontro de Criadores de Gado Leiteiro da cidade e região e inaugurou a sede da COOPARI - Cooperativa Agropecuária de Aparecida do Rio Negro.

O evento, promovido pelo Ruraltins - Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins, Seagro - Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, COOPARI e prefeitura municipal, iniciou-se às 9h com uma missa na sede da cooperativa, que por meio do governo do Estado, adquiriu um tanque de captação isotérmico e outro de resfriamento do leite.

Marcelino de Souza, criador de gado leiteiro, vê na cooperativa uma oportunidade para melhorar a vida dos pequenos produtores, já que ela viabilizará a comercialização do leite e a aquisição de insumos agropecuários e alimentos a preços mais baixos.

Após o descerramento da placa de inauguração da COOPARI, foram distribuídos os primeiros sacos de leite da cooperativa para as crianças e comércio local. O leite é pasteurizado e ensacado em Palmas, mas segundo o presidente da COOPARI, Iraci Luiz dos Santos, em breve, eles possuirão um laticínio próprio.

I Encontro de Criadores de Gado Leiteiro

No clube recreativo de Aparecida, ainda na parte da manhã, a abertura oficial do evento contou com a presença do prefeito municipal, Suzano Lino Marques, do vice-presidente do Ruraltins, Ézio Silva, do presidente da COOPARI, Iraci Santos e representantes da Seagro, Sebrae, ASCABRAS e Leite Jalapão.

Os participantes assistiram palestras sobre: a instrução normativa (IN) 51 - que contém os procedimentos corretos do manejo do leite; custo da produção leiteira; coleta higiênica do leite; e alimentação do gado leiteiro. Muitos produtores sanaram suas dúvidas acerca da atividade agropecuária e conheceram os benefícios do associativismo e cooperativismo.

Para Mário Otávio Cella, zootecnista do Ruraltins, o encontro fortalece e incentiva a produção leiteira em Aparecida do Rio Negro e região, além de conscientizar o agricultor familiar da importância de se seguir as exigências da IN 51, que asseguram ao leite maior qualidade.

 

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Aparecida do Rio Negro, Cooperativas, campo